"Onde reinam intenções honestas,
mal entendidos podem ser curados
com rapidez e eficácia."

12 de maio de 2013

Jiló

Alguns dias da semana que passou foram complicados, por conta da saúde do Jiló.
Terça-feira quando o chamei na hora de entrar à tardinha (ele e a Julica já estavam com os grandes no quintal), ele demorou a aparecer. Precisei chamar várias vezes até que ele veio e ficou sentado perto da escada, bem jururu. Levei-o para cima dei ração, água e ele não quis. Olhou para a água e vomitou.
Quarta-feira pela manhã, ele estava caidinho, não veio brincar e então chamei o veterinário, nosso querido Dr. Daniel que mesmo sabendo que eu não poderia pagar no momento, prontamente veio examinou-o e medicou. Continuei durante o dia e a noite medicando e dando soro caseiro mas quinta-feira ele estava pior. Teve além dos vômitos, diarreia. Mais uma vez Dr. Daniel aqui veio e introduziu, além da outra medicação, um antibiótico potente.
Durante o período crítico deixei a Julica aqui comigo, a Pudim e a Bina, na sala da frente, permanecendo a porta que dá acesso ao andar de cima aberta para que eu pudesse perceber algum gemido do Jiló.
Para minha grata surpresa, sexta-feira logo após o meio dia, ouvi um latido atrás de mim e, sem tirar os olhos do monitor, repreendi quem latiu, mesmo não sabendo quem era. Resolvi virar e lá estava o Jiló, feliz, abanando o rabinho. Ofereci ração e ele devorou uma boa porção, mas logo retornou para sua caminha. 
Assim como adoeceu repentinamente, também recuperou-se. Na noite de sexta-feira já deixei Julica dormir com ele e os dois brincaram bastante.
As fotos abaixo, com suas legendas descrevem a tarde de sexta-feira.
"Esta é minha irmã Julica ela é muito destruidora"
"Estão vendo o buraco que a danada da Julica fez na almofada?
 E também roeu uma ponta do edredon da Bina."
"Viram que coisa mais feia o buraco que ela fez?"
Ontem, sábado resolvi deixar os dois maninhos, Jiló e Julica, brincarem com seus companheiros no quintal.
Mas, a medicação que Jiló tomou deve ter lhe dado super poderes ou ele assim pensou porque resolveu "encarar" o maior cachorro da matilha, o Guri. No início intimidou o outro, mas quando Guri se deu conta que é três vezes maior que Jiló, o abocanhou no pescoço. Como sou experiente e já passei por situações complicadas com cães, havia ficado junto deles e pude logo socorrer o Jiló que, depois dessa não poderá mais frequentar o quintal. 
Por essas e outras prefiro os gatos!

16 comentários:

  1. A primeira foto sua com o Jiló é linda, ele tem uma carinha de carente muito fofo! Os animais são assim mesmo, às vezes um remédio potente e uns carinhos resolvem tudo! Eu vou te confessar que se eu demoro muito para acordar e não escuto nenhum latido de reclamação já acho que alguém morreu! Ainda bem que assim que abro a porta aquelas carinhas lindas começam a latir! Acho que é a idade e eles andam mais preguiçosos!
    Só achei deselegante o Jiló fazer tanta fofoca sobre a Julica!!! Espero que ele possa comprovar as denúncias!!!A Julica parece muito séria e comportada!!!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lais, sou testemunha do quanto a Julica é danada. Ela tem o feio hábito de roer qualquer coisa de madeira que passe perto. Portanto não posso deixar nada perto dela. Os aposentos deles são constituídos de um banheiro e um corredor de 2X1m, se ela não fosse destruidora poderiam ter todo o atelier para eles.

      Excluir
  2. Que boa notícia!!! O danado até estranhou o irmão maior!!! Nossa!!

    As fotos estão lindas...ele é um fofo!!

    E a irmãzinha destruidora não fica atrás...heheheh...também é linda!!

    beijinhos,

    Lígia e =^^=
    ღ╮♥⊰✿⊱♥╰ღ╮♥⊰✿⊱♥╭ღ╯

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles realmente são uns amores Lígia!

      Excluir
  3. Ainda bem que o Jiló já se recuperou, Beth. Ele e a maninha são dois fofos! Cãezinhos geralmente roem tudo, na fase de mudança dos dentes; tens sorte de que o Jiló também não seja um roedor.
    Obrigada pelo teu carinho em relação a nossa Maia, querida. Felizmente ela está melhorando a cada dia, nos enchendo de alegria com isso.
    Minha filha "pelada" é que está "dodói". Passamos horas sábado à noite na Unimed, por conta de um cálculo renal (este foi o diagnóstico) da Tati. Hoje ela deve fazer uma ultra e procurar um urologista. A pobrezinha está aguentando a dor à custa de muito remédio para dor. Beijos mil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadinha da Tati, dê um abraço bem carinhoso nela por mim. Nunca senti tal dor, mas dizem que é uma das piores.
      Quanto a "roedora" Julica, não é troca de dentes pois já está com seus dentões definitivos e a Nausy que já tem sete anos às vezes se atraca nas pernas das cadeiras de madeira...

      Excluir
  4. Fiquei muito contente que o Jiló se recuperou e já até aprontou.
    Essa dupla é muito fofa, e tem toda animação dos jovens.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a animação dos cães jovens que me cansa...
      Mil vezes os gatos ou cães idosos como as quatro que tenho dentro de casa e que dormem dia e noite!

      Excluir
  5. Que bom que o Jiló está bem, até tomou a super poção que dá mega poderes! Pois é, Beth, gosto de cachorros e às vezes tenho uns delírios de adotar um, mas só de lembrar o que era em POA que tínhamos duas cadelas...desisto. Estas cadelas tb, um dia uma implicou com a outra, assim, do nada e não puderam ficar mais juntas. Neste sentido: mil vezes os gatos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, mil vezes os gatos, ou até cães idosos como comentei acima.

      Excluir
  6. Que bom que Jiló tá legal!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Talvez tenhas visto.Olha que BARBARIDADE!!! Te prepara, é revoltante:

    http://videos.clicrbs.com.br/rs/zerohora/video/geral/2013/05/cachorro-agredido-porto-alegre-ganha-novo-lar/22220/?xxx


    Até quando? beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Chica, soube do caso, mas preferi não ver o vídeo. Quem trabalha com animais sabe o que o "cerumano" é capaz de fazer.
      Pena que a mulher ainda envolveu uma criança nos maus tratos...

      Excluir
  8. Beth querida, que notícia maravilhosa!!...é muito bom saber que o Jiló melhorou e já está até arrumando briga...hehehehe

    Beijos, Néia

    ResponderExcluir
  9. Tive um Ruca igual ao teu jiló.
    Ainda bem que ele já está recuperado é tão mau vermos os nossos amigos doentes..
    Beijinhos e festinhas

    ResponderExcluir